© 2020 Agência W2M

agência de comunicação,agência de publicidade,agência de marketing,consultoria,marketing digital,rótulos,embalagens,mídia,folder,agencia de comunicaçao,agencia de publicidade,agencia de marketing,propaganda,santa cruz do sul, vera cruz

Como a cocriação pode te fazer chegar na frente

O aumento das tecnologias de bloqueio de anúncios e o declínio do alcance orgânico nas redes sociais têm forçado os profissionais de marketing a encontrar formas mais criativas de atingir seus públicos-alvo.


Para superar estes desafios, empresas dos mais variados setores estão se organizando para criar conteúdos e produtos juntamente com usuários e clientes. Essa estratégia é chamada de cocriação.


Em outras palavras, a cocriação é uma forma de inovação que acontece quando pessoas de fora de uma empresa (como fornecedores, colaboradores e clientes) associam-se ao negócio ou ao produto agregando valor.


Táticas de marketing colaborativas podem esmagar o marketing tradicional e a publicidade e gerar não só interações significativas, mas também um impulso grandioso nas vendas.


Afinal, uma das grandes tendências de consumo da atualidade é a participação e a geração de experiências, criando novos vínculos entre marcas e consumidores. Acredite, relacionar-se com a comunidade em torno da sua marca nunca foi tão crucial!


O case da LEGO


Não é de hoje que a LEGO procura se reinventar para superar os desafios impostos pela crise que se estabeleceu a partir dos anos 2000, sobretudo, por causa da ascensão da internet.


Da metade dos anos 2000 até hoje, foram lançadas várias iniciativas de inovação aberta e de cocriação com os clientes. O destaque fica por conta da plataforma LEGO Ideas, cujo lançamento ocorreu em 2008 ainda com o nome de LEGO Cuusoo.


A LEGO aprendeu desde cedo que ao colaborar com seus fãs podia trazer à tona ideias criativas com potencial de mercado, que talvez não teriam surgido das formas tradicionais.


O consumidor atual busca por organizações com as quais ele possa interagir, ser ouvido e ter influência. Ou seja, as empresas não devem focar sua lucratividade apenas em preços baixos, maior velocidade de entrega, infraestrutura e equipamentos de qualidade, elas também precisam fundamentar seu processo de criação, atividades e produtos/serviços de acordo com as necessidades e experiências dos seus clientes. É com base nessa diretriz que a cocriação se conceitua.


Conheça o modelo DART


Uma forma de garantir que a cocriação seja eficaz é seguir o modelo DART: diálogo, acesso, avaliação de risco e transparência. Continue lendo para entender melhor:


Diálogo - Refere-se a interação e engajamento tanto dos stakeholders, quanto da empresa, no que diz respeito a troca de conhecimento e comunicação;


Acesso - É a disponibilidade de acesso às ferramentas e informações necessárias para que todo o processo funcione;


Avaliação de risco - Diz respeito à abordagem dos riscos e benefícios que a cocriação pode proporcionar, tanto para a empresa quanto para o cliente;


Transparência - As empresas não devem estipular preços e ter informações como margem de lucro e custos em sigilo. Elas devem permitir que o consumidor tenha acesso a tais dados, colocando-o no mesmo nível de participação.


Vantagens da cocriação


Como vimos até aqui, são diversas as vantagens de se apostar na cocriação. Para te ajudar a entender melhor todas elas, listamos as principais:


A colaboração e as diferentes percepções de todos os atores envolvidos geram novas ideias, insights, resultados e soluções criativas e verdadeiramente inovadoras;


Ao participarem de determinado processo, as pessoas se sentem corresponsáveis pelo sucesso do mesmo e, assim, cumprem prazos e metas de forma mais consciente e engajada;


A cocriação permite que a interação empresa/cliente converta-se em resultados exclusivos e tangíveis, o que significa vantagem competitiva para a organização;


Além de tudo, ela amplia o networking e aumenta a rede de pessoas que se envolvem com a marca;


A cocriação promove a diminuição de custos e uma maior flexibilidade na execução dos processos, o que resulta em um tempo mais ágil de resposta e de geração de conhecimento.


Diferenciação competitiva


A cocriação é uma estratégia que resulta em diferenciação no mercado em que a empresa atua. Se hoje, mais do que nunca, é preciso de destacar enquanto empresa, de diversas formas, a cocriação pode ser uma aposta muito vantajosa.


Contudo, para que o modelo funcione de maneira eficaz, é preciso abertura por parte das organizações: elas devem permitir que outras pessoas façam parte dos seus processos e interfiram na tomada de decisões.


Ou seja, é necessário muita criatividade, inovação e extinguir certas normas e padrões, o que nem sempre é uma tarefa fácil. Mexer com a cultura de uma empresa requer trabalho, dedicação e debate.


Apesar disso, é importante frisar que a cocriação abre portas para conteúdos e produtos exclusivos e altamente relevantes, que podem ajudar a estimular o envolvimento e as vendas, além de fazer com que seguidores e clientes sintam que sua empresa os vêem, os ouvem e os respeitam - atitudes as quais são fundamentais para que haja fidelidade à marca.


Colaboração Yaundé Narciso,

Jornalista pós-graduada em Gestão da Com. em Mídias Digitais.